PORQUE PARAMOS DE FICAR NA CASA DE ESTRANHOS | Journey and Share



O Porque de pararmos de ficar na casa de estranhos através do Couchsurfing.
👉🏾Conheça o nosso curso de edição de vídeos ‣ https://cursos.travelandshare.com.br/

Quando começamos a viajar usamos muito o couchsurfing, que é um web site onde pessoas locais hospedam viajantes. Nos primeiros dois anos de viagem nos hospedamos em mais de 150 casas!
Depois de tanto dormir na casa de estranhos através do couchsurfing, percebemos que period hora de mudar.
Muita gente nos pergunta porque paramos de nos hospedar na casa das pessoas locais, principalmente porque naquela época parecia ser algo tremendous authorized.
A verdade é que realmente period muito authorized, vivemos os melhores dois anos da viagem quando fazíamos isso, mas quando decidimos que gostaríamos de viver a longo prazo na estrada precisaríamos tomar algumas decisões para tornar a vida na estrada algo actual.
A primeira razão de porque paramos de nos hospedar na casa de estranhos, foi porque não podíamos viver o nosso horário, sempre respeitávamos o horário e rotina do dono da casa. Comíamos quando ele estava acostumado comer, dormíamos quando ele estava acostumado dormir, e o mesmo fazíamos na hora de acordar.
É claro que nos primeiros anos foi tudo muito divertido, mas quando tínhamos que manter alem das gravações uma rotina de trabalho, period muito difícil estar a disposição do outro o tempo todo.
A segunda razão que paramos de dormir na casa de estranhos, foi porque precisávamos do nosso espaço. Como casal viver se hospedando na casa das pessoas limita muito a vida a dois. Precisávamos de um espaço só para nós.
A terceira razão é porque se hospedar de graça na casa das pessoas começou a ficar cada vez mais complicado assim que entramos nos Estados Unidos. Não period tão simples encontrar pessoas dispostas a receber um estranho em casa. Por sorte fizemos amizades que nos ajudaram encontrar sempre uma casa na próxima cidade que passávamos, mas sabíamos que provavelmente depois das Américas não poderíamos contar com a hospedagem na casa de pessoas estranhas durante nossa viagem.
A quarta razão é porque as pessoas começaram a se incomodar com o fato de que gravávamos na casa delas, no começo não tínhamos ideia do alcance e do impacto do youtube. Conforme o tempo foi passando e o youtube foi se popularizando as pessoas não se sentiam a vontade de ter alguém dentro de suas casas gravando suas vidas. Ao mesmo tempo nós começamos a nos sentir constrangidos de fazer as gravações.
A quinta razão é porque o próximo destino depois das Américas seria a Europa, as casas na Europa não são tão grandes quanto nos Estados Unidos, por outro lado as pessoas que possuem quartos disponíveis em suas casas preferem alugar e monetizar esses espaços vazios. Na mesma época conseguimos nosso camper o que nos ajudou muito a ter nosso espaço e uma estrutura que poderíamos viver com segurança e tranquilidade em qualquer lugar da europa.
A verdade é que os tempos e as situações foram mudando e que nos forçou a tomar medidas para continuar vivendo na estrada. A palavra chave de quem quer ser nômade digital e viver na estrada é adaptação!
O que podemos dizer é que se hospedar com pessoas locais é sem dúvida uma das melhores experiências de viagem e recomendamos que você faça sempre que puder.
Lembre-se do nosso curso de edição de vídeos que foi lançado essa semana, nele ensinamos edição de vídeos e também como você pode transformar essa habilidade em profissão.

== Siga lá ==
• Inscreva-se: http://youtube.com/travelandsharebr
• Nosso Livro: http://bit.ly/Livro_TravelandShare
• Nosso Insta: @travelandshare
• Nosso Weblog: https://travelandshare.com.br

= Sobre Nós =

Olá! Somos Romulo e Mirella e em 2014 decidimos largar tudo para iniciar nossa aventura pelo mundo! Desde então já vivemos muitas experiencias viajando de barraca, camper, motorhome, avião, ônibus e em trem! Acompanhe nossa aventura pelo mundo em busca de experiências únicas, comidas incríveis e tudo mais de interessante que o mundo pode nos proporcionar!

—————————————-­­­­­­­­———————————­-­-­
Dois vídeos novos toda semana
—————————————-­­­­­­­­———————————­-­-­-­-­-

source

This Post Has 37 Comments

  1. Mi e Rômulo, acompanho vários canais de viagem e o meu preferido é o de vcs, pois alpem de mostrarem landscapes maravilhosos, vcs passam informações dos locais que visitam, como nomes dos restaurantes, etc…Show e eu e minha mulher realmente somos fãs de vcs….ahhh, o livro é 10….

  2. Gostei desse relato. Estava com saudades de vocês. Espero que em breve tudo volte ao normal. Abraços

  3. Se decidirem vir para a Irlanda, pode vir aqui pra casa 😀 kk

  4. Essa questao da camera e de nao gostar de ser filmado é uma barreira pra mim, que já pensei em abrir canal no Youtube uns anos atrás.
    Moro na Alemanha e aqui as pessoas além de nao gostarem de ser filmadas, nao toleram quando vc fica toda hora se filmando, ou filmando o ambiente que voce está.
    Já vivi tanta coisa legal e nao tenho uma foto de lembranca, pq o povo nao gosta.
    Por conta disso passei a me policiar muito! Imagina ter que fazer vlog e etc… Eu nao teria coragem! Rs…

  5. Mi e Romulo, foi um prazer ter vocês conosco. Sejam sempre bem vindos ❤️Agora não temos mais o Enzo, virou estrelinha mas temos 4 gatinhos loucos e sapecas. Esperamos rever vocês.

  6. O que é a Guapa quietinha? Ô meu Deus! Que companheirinha… Sempre junto!!

  7. Eu vivo na Nova Zelândia a uns 12 anos, tenho uma casa grande com 3 quartos, dois quartos para receber viajantes.
    Realmente eu entendo oque eles estão falando, eu acharia muito estranho receber YouTube em minha casa, pq eu já não tenho meu próprio canal pq gosto de uma vida privada, fotos no Facebook são limitadas a familiares. Acho muito sensato deles perceberem que fica estranho. Eu não gostaria de ver minha casa, cômodos, conversas expostas para o mundo. Como host vale a pena dizer, nos gastamos dinheiro ao receber viajantes, então realmente eh um grande favor, por exemplo, eu moro soh e minha conta de energia e água chega a 300 dólares por mês, com viajantes sai mais ou menos uns 500 dólares por mês por conta dos preços, ou seja, se sou host o ano todo, gasto mais ou menos 2400 dólares em energia e água se ajudo as pessoas todos os dias, fora que não posso fazer janta e comer só, sinto que tenho que compartilhar pois muitos backpackers realmente não têm dinheiro pq viajam a anos, e algo que eu adoro fazer, receber os outros, mais chegar com uma câmera eu não acho legal. Acho que hosts são muito generosos, houve realmente maturidade deles para entender que o host já esta compartilhando muito, e a privacidade do lar de qualquer um é um direito do host. Mas se o host aceitar antecipadamente que vão receber YouTubers, aí tudo bem.

  8. Teve um vídeo que vocês tiraram a cera do ouvido na casa da mulher e de assistir conseguíamos ver a forma carinhosa que ela recebeu vocês, foi muito engraçado mas não lembro qual era o vídeo kkkk

  9. Deu até saudade de ver os vídeos de vcs na casinha kkk vou lá maratonar novamente bjs

  10. O baleia foi o cara mais especial de toda a viagem! Ele realmente deixou saudades

  11. As histórias de vocês são boas demais, uma lição de que podemos realizar nossos sonhos, com um bom planejamento financeiro, muita coragem e um pouco de loucura!!
    Assisti alguns vídeos de vocês de 5 anos atrás e a Mi toda tímida e ainda pegando o jeitão e mais firmeza em frente a câmera.
    Mi parabéns você está demais!!
    Agora a Guapa é demais, linda e demos boas risadas observando ela, ficou no meio de vocês e em alguns momentos ela parecia pensar, que horas minha mãe vai parar de falar e me dar atenção kkk
    Bjs

  12. Lembro até hoje quando vocês conseguiram, se não me engano 70k de inscritos no canal, a mirela comendo pra comemorar kkkk

  13. Esto no canal deis dos primeiros videos ,moro em roma sonhava que vcs ficasem na minha casa mais confeço que seria uma dessa pessos que nao ama aparecer (super fa)

  14. Que bom que vcs recordam com alegria e gratidão e reconhecem que aprenderam com as experiências.Parabéns.

  15. Vocês podiam fazer um vídeo falando como funciona toda estrutura para gravarem seus videos, vocês criam um roteiro, quais equipamentos, como funciona tudo. É só uma sugestão, é claro. Bjs

  16. Eu estou gostando desses videos que estão fazendo durante essa quarentena, são coisas que temos muita curiosidade de saber rs. Estou sempre aqui acompanhando e não perco um vídeo se quer. Façam mais videos de curiosidades sobre vocês. Bjs

  17. Oi Bom Dia! Sou o Alex de Volta Redonda RJ. Amo o Canal e desejo muito sucesso e saúde para vocês Rômulo e Milena. Gostaria de indicar um casal Renan e Michele que tem um canal Mundo Sem Fim no qual vocês poderiam trocar idéias e experiências. Vai ser legal pois eles viajaram muito igual a vocês e com isso os dois casais podem compartilhar muitas experiências.

  18. Lembro bem do "Baleia" e, também, de uma casa no Chile, com uma família grande. Foram vídeos muito legais.

  19. Amo muito o canal de vocês, quero que a quarentena acabe logo só para ver vocês viajando de motorhome de novo!! (impressão minha ou o Rômulo está engordando?

  20. Olá olá Mirella e Rômulo desde o meio do Atlântico, mais precisamente do Arquipélago dos Açores!

    Sigo-os há apenas uns meses mas depressa se tornaram uma das razões pelas quais abro o youtube!
    Reparei que têm vindo a ganhar seguidores a um bom ritmo e estão a beirar o Milhão de subscritores….

    Já pensaram sobre muito sobre o assunto? E vai dar direito a comemoração especial?

    Já agora deveriam por nas vossas agendas uma visita às duas Regiões Autónomas de Portugal: AÇORES e MADEIRA!!

    Abreijos

  21. O video "COMO VIAJAMOS O MUNDO" é impossível não chorar assistindo, foram muitas histórias, muitas diferenças, e experiencias boas e algumas não tão boas assim uahsuah. Nunca esqueço o quão foi emocionante assistir com vocês láaaa em 2018 na palestra em Florianópolis. Muitas saudades ❤️.

  22. Ficar na casa de pessoas locais é de fato uma experiência única, tive a oportunidade algumas vezes, usei o Airbnb e mesmo com a situação monetária, acabamos fazendo novos amigos, conhecendo de fato a cultura local (e não aquela fantasia turística) e trocando vivências. Estudo Cultura, e sou fascinado por perceber o quanto o ser humano é diverso e cada lugar tem suas peculiaridades. Acompanho o canal de vcs desde quando vcs tinham a barraca e foram a minha inspiração para conhecer outros lugares (tinha um pouco de medo). Agradeço muito e desejo muito sucesso para vocês! Estou adorando os vídeos da quarentena, e espero que quando essa situação passar vcs possam viajar cada vez mais pelo mundo e trazer esses vídeos de qualidade que vcs fazem sempre! Sucesso e felicidades mil!

  23. Gostaria de ver um vídeo de vocês falando a respeito de como é a relação de vocês com seus seguidores. Se já teve gente que virou amigo. Alguma comentário que vocês gostaram. E enfim. Bjooo

  24. Europa e EEUU eles näo gostam de ser filmados, sul da europa é ok mas näo na escandinavia e norte da europa….

  25. Eu acompanho desde o início, teve casa muito legal, mas teve uma ou outra…meu Deus que medo por vcs… Nos EUA o que marcou foi o Baleia (Eron), vcs podiam dar notícias ou gravar com ele…o que acham? bjos

  26. Pessoal, eu sempre quis saber pq vcs não compraram um porta-poti pra quando vcs não achassem banheiro (na época da camper)… beijo pra vcs e Se cuidem!

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close Menu
Translate »